serv banner top serv banner mobile serv banner tablet serv banner tablet horizontal


icone serv area

QUERO ABRIR MINHA EMPRESA

 
 
QUERO ABRIR MINHA EMPRESA

A Pigatti Contabilidade vai te ajudar com as principais dúvidas sobre como abrir sua empresa!

Baseados nos passos direcionados pelo SEBRAE e a Prefeitura de São Paulo (Empreenda Fácil), resumiremos as cinco principais etapas para abertura e regulamentação de sua empresa. Esses passos são dados em plataformas digitais que conectam os sistemas federais, estaduais e municipais, e conversam entre si por meio de números de protocolos.

Atenção!
Alguns tipos de atividades precisam de licenças emitidas por órgãos estaduais e devem ser regularizadas de acordo com sua categoria:

Atividades de baixo risco: o empreendedor se responsabiliza pelas informações fornecidas; o poder público fiscaliza e então licencia;

Atividades de alto risco (relacionadas à alimentação, saúde, estética e animais, por exemplo): o poder público avalia das informações antes da emissão da licença.

Após a adequação na categoria correta, o empreendedor deve seguir os seguintes passos:

1 - Viabilização (via RLE)
É preciso pesquisar, antecipadamente, na prefeitura sobre o local que instalará sua empresa e verificar se este obedece aos critérios para o alvará de funcionamento. É fundamental, também, verificar a existência de empresas com nomes empresariais idênticos ou semelhantes ao seu nome pretendido.

2 - Inscrição na Receita Federal (via CADSINC)
Depois de saber da disponibilidade do negócio é necessário fazer, junto à Receita Federal, o detalhamento das atividades da empresa e sobre o quadro societário; uma vez concedido o registro, serão gerados Números de Recibo e de Identificação.

3 - Registro na Junta Comercial (via JUCESP)
Após o registro em âmbito nacional, é hora de detalhar as informações acerca do seu negócio para o Estado em que se encontra; uma vez regularizado, será gerado o CNPJ e NIRE.

4 - Registro de Município (via CCM Prefeitura)
Agora, em dia com a Federação e o Estado, é a vez de regularizar a situação com o Município; nesta etapa libera o Cadastro de Contribuintes Mobiliários.

5 - Licenciamento (via RLE)
Este passo visa a emissão do Auto de Licença de Funcionamento, que permite a atividade da empresa.

Após vencer estas 5 etapas, sua empresa estará legalizada e apta a iniciar suas atividades!